(19) 3521 3010 | (19) 3521 3028
Português France Italian English Spanish

Espectroscopia de imagem para desenvolvimento de formulações lipídicas de interesse farmacêutico

Espectroscopia de imagem para desenvolvimento de formulações lipídicas de interesse farmacêutico


Espectroscopia de imagem

A baixa solubilidade em água de muitos fármacos limita sua absorção e biodisponibilidade no organismo. Para estes fármacos,  é necessário desenvolver estratégias de formulação para melhorar sua solubilidade in-vitro e absorção in-vivo. Uma estratégia interessante é desenvolver formulações lipídicas, que são combinações de glicerídeos, surfactantes hidrofílicos ou lipofílicos e cossolventes, as quais podem ser líquidas, semi-sólidas ou sólidas. A avaliação da miscibilidade entre os componentes e acompanhamento de alterações estruturais (polimorfismo), tanto do fármaco quanto dos lipídios, é de vital importância para a garantir a estabilidade destas formulações. Nesta linha de pesquisa, técnicas de espectroscopia vibracional de imagem NIR e Raman são empregadas juntamente com métodos quimiométricos de tratamento de dados para  selecionar excipientes de modo a desenvolver formulações lípidicas estáveis.

A espectroscopia de imagem é uma extensão da espectroscopia vibracional tradicional e permite a obtenção de informações químicas e físicas (por meio dos espectros) com orientação espacial, uma vez que é feito o mapeamento de uma área da amostra ao invés de um único ponto. Desta maneira, gera-se um cubo de dados, o qual é utilizado para o tratamento de dados por meio de métodos quimiométricos e os valores de concentrações obtidos geram os mapas químicos que permitem extrair informações sobre as amostras.